Doisélles

Um literato diria que Raquell Guimarães seria uma discípula de algum grande humanista, como Victor Hugo ou Jean Jacques Rousseau. Mas não. A mente por trás da marca Doisélles apenas tem fé na recuperação da alma humana.

A marca trabalha com artigos em crochê e tricô feitos com materiais naturais de primeira linha, entretanto, sua maior riqueza está na mão de obra empregada no feitio de seus produtos.

O projeto Flor de Lótus fez com que os detentos de uma penitenciária, em MG, encontrassem no tricô e no crochê um trampolim para seus novos começos. A cada três dias trabalhados, um é reduzido da pena do detento. O choque cultural é inevitável. Raquell diz que a maioria dos presos nunca havia pegado em uma agulha na vida. No entanto, se disse surpresa quando viu a qualidade do produto confeccionado “O produto tem um acabamento incrível” revela.

A Doisélles despende, empregando os homens da penitenciária, um valor equivalente ao que se paga hoje pelo serviço de uma cooperativa de costura, o que revela uma preocupação verdadeira com o social. Para a Raquell, pouco importa o crime cometido ou os detalhes da vida pregressa daquele trabalhador. Ela resume: “Pra mim aquela pessoa nasceu de novo. Pode ser um pensamento quase utópico, mas eu acredito que é a única maneira de zerar e recomeçar”.


Contato

Doisélles (+55 11) 99204-2093 www.doiselles.com.br

@doiselles


Desfiles mais recentes

Doisélles


2012 > Inverno