Roberta Braga e Chico Gomes


Estilo: Liana Thomaz e equipe
Direção desfile: Bill Macintyre
Styling: Renato Thomaz
Trilha: Gilvan Magno
Beleza: Renato Oliveira + Senac

2020 >

ÁGUA DE COCO por Liana Thomaz

Acompanhando o movimento dos ventos do nordeste, sentido Praia-Sertão,  ÁGUA DE COCO por Liana Thomaz lança seu olhar sobre a cultura e a arte nordestina, voltando no tempo e retratando os primeiros vestígios de expressão artística e comunicação de nossos ancestrais.

A xilogravura aparece representada nas estampas, marcada por seus contornos e linhas escuras. Na cartela de cores destacam-se o vermelho ferrugem e roxo berinjela. Shapes contemporâneos que valorizam a silhueta feminina formam tops faixa, hot pants e maiôs com formas mais secas e ajustadas ao corpo. Outro destaque são as peças com mangas removíveis, maiôs e bodies que podem ser usados como blusas, responsáveis por levar a moda praia à cidade. Patches de LYCRA® e tecido cortados a laser também são vistos na coleção, assim como os acabamentos em crochet e bordados manuais.

Os prints que dão vida à história e paisagem nordestina, se organizam pelas seguintes famílias:

Cactos: Representando a fauna nordestina, a combinação de bromélias, cactos e flores forma essa estampa que reforça ainda mais o DNA da marca. O print é aplicado em peças com babados, um dos detalhes preferidos nas coleções da Água de Coco, visto em biquínis, saídas de banho e kaftans.   

Crochet: Trabalho artesanal que faz parte da cultura do nosso país, o crochet é usado como base para modelos diferenciados e coloridos. A versatilidade de peças atemporais, como o maiô de um ombro só, são os responsáveis por proporcionar elegância sem esforço.    

Coqueiro Patch: Elemento sempre presente, a figura do coqueiro é aplicada em forma de patch, destacado por tachas douradas e combinação de tons de rosa e licquor. Um mix feito com a figura também é visto nos biquínis que harmonizam recortes inusitados para sugerir uma composição atual.  

Xilogravura: inspirada na arte da Xilogravura, técnica que se utiliza do relevo sobre a madeira e é famosa no nordeste por ilustrar os folhetins de cordel. As talhas na madeira criam desenhos cujo visual é marcado pela presença de listras e a repetição das linhas foi o principal elemento utilizado no desenvolvimento dessa estampa digital. Os detalhes das peças são aviamentos cobertos por linhas coloridas, como argolas e tubos redondos. Algumas modelagens de roupas são quadros que dão vida à modelos inspirados em lenços.

Sparkles: O brilho se prova novamente como aliado de modelos elegantes que, além da praia, permeiam facilmente entre a rotina do dia a dia e a noite. Faixas, babados e amarrações  proporcionam ainda mais atitude aos biquínis que brincam com volumes estratégicos.

Coco Verde: A estampa traduz o DNA tropical da marca, tendo o coco como elemento principal. As modelagens, algumas em recortes arredondados, combinam linho ao chiffon em peças que contrapõem transparência e opacidade.

Para complementar as propostas vistas na passarela, a marca desenvolveu brincos exclusivos em parceria com a SD Design: maxi acessórios que ora levam cristais multicoloridos, ora em metais resinados pintados à mão.

A beleza das modelos, que tem concepção de Renato Oliveira e execução da equipe do Senac, ganha inspiração em uma Maria Bonita, uma mulher solar, com aplicação de grampos nos cabelos e tons de barro na pele.

A ÁGUA DE COCO Por Liana Thomaz participou da 20° edição do DFB Festival, maior evento de moda autoral da América Latina, sendo apresentada pela FIEC. O desfile contou com a participação especial do cantor Xand Avião na passarela cantando “Asa Branca” de Luiz Gonzaga.


Vídeos





Coleções Mais Recentes

ÁGUA DE COCO por Liana Thomaz > Verão 2020


2020 >

ÁGUA DE COCO por Liana Thomaz


2019 > Verão

ÁGUA DE COCO por Liana Thomaz


2019 > Verão

ÁGUA DE COCO por Liana Thomaz


2018 > Inverno

ÁGUA DE COCO por Liana Thomaz


2018 > Verão