Marcas brasileiras realizam USD 3 milhões em negócios durante as feiras SwimShow e Cabana em Miami

Entre os dias 13 e 16 de julho, um grupo com 37 marcas brasileiras invadiu Miami, nos Estados Unidos. A cidade sediou as feiras do segmento de beachwear e resort SwimShow e Cabana, nas quais as empresas brasileiras expuseram seus lançamentos e, juntas, realizaram USD 3 milhões em vendas. As expectativas para os próximos 12 meses são as melhores: USD 9,1 milhões em negócios. 

As marcas participaram da ação por meio de apoio dos programas de exportação de moda brasileira Texbrasil (Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira), da Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), e Fashion Label Brasil, da ABEST (Associação Brasileira de Estilistas), ambos realizados em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). 

De 13 a 16, 20 empresas brasileiras lançaram suas coleções para o público de compradores na SwimShow; estiveram na plataforma de negócios as marcas do Texbrasil (Sol e Energia, Rio de Sol, Karla Vivian, Art Stilo, Planet Sea, Bikiny Society, Charmosa, Feriado Nacional, Amir Slama, Hype Brasil, Guria Beachwear, Maryssil, Despi e Lybethras) e do Fashion Label Brasil (Salt Sun & Bikinis, Hype Beachwear, MOS Beachwear, Batiche, La Sirene, Larissa Minatto e Shorts.Co).

Nesta edição, a Charmosa Swimwear exibiu suas peças em um desfile. Foi a primeira vez da empresa na feira e, de acordo com Neide Hall, dona da Charmosa, os resultados de vendas foram muito satisfatórios. “Os compradores viram os looks nas modelos e ficaram atraídos pela versatilidade das peças e, principalmente, pelo fato de elas serem feitas com tecidos biodegradáveis. As saídas de praia cortadas a laser também atraíram olhares”, comenta.  

Já entre os dias 13 e 15, um grupo de 17 empresas brasileiras marcaram presença na Cabana. Entre as participantes desta edição estavam as marcas do Fashion Label Brasil (Água de Coco by Liana Thomaz, Akra Collection, Barthelemy, Blue Bird Shoes, Catarina Mina, Esc, Lily Franco, Parioca, Rosa Chá, SERPUI, Sinesia Karol, Triya e Vix Swimwear) e do Texbrasil (Adriana Degreas, Clube Bossa e PatBo).

“Com o apoio da ABEST e da Apex-Brasil tivemos a oportunidade de expor em mais uma edição, apresentando novidades aos compradores internacionais e os editores de moda. Para crescer no mercado externo é preciso investir nas feiras do portfólio da associação”, conta Marcia Kemp, da Nannacay.

Para Lilian Kaddissi, gerente executiva do Texbrasil, os resultados das feiras foram excelentes. “A presença brasileira na SwimShow e na Cabana foi um sucesso, estamos com bons números de vendas e de expectativas. Acredito que tudo isso foi graças aos nossos produtos, que além de terem alto valor agregado são desejáveis lá fora. Afinal de contas, nós vendemos mais do que biquínis, vendemos o lifestyle brasileiro”, explica. 

Além das feiras, a cidade também abrigou outros eventos independentes, como o Beach Day promovido pela Cia Maritima no Hotel W, com o apoio do Fashion Label Brasil. Na ocasião, compradores internacionais e formadores de opinião tiveram uma nova experiência com ativações e presentes exclusivos. Além disso foram apresentados a nova coleção de Verão 2020, intitulada Trópicos. "Foi o primeiro grande evento da marca em Miami, fora de um dos pontos de venda da marca na cidade, e com certeza tivemos um resultado muito positivo, podendo levar essa experiência com o lifestyle da mulher Cia. Marítima para fora do Brasil", comenta Flávia Vagen, diretora de marketing da marca.

07.08.2019